Logo Banco de Alimentos

Blog

ALIMENTO SEM TABU – SALSÃO

Alimento sem Tabu

Tabu não é ingrediente. Tabu é não comer um alimento por preconceito, ou então jogar grande parte dos ingredientes no lixo sem saber como usá-los. Tabu é não fazer as escolhas certas no supermercado. Tabu é deixar um alimento apodrecer em casa por estar mal conservado ou mal armazenado.

A campanha Alimento sem Tabu vai ajudar você a escolher, conservar e consumir os alimentos de forma mais inteligente e sustentável. Fique ligado nas postagens e faça sua revolução com os alimentos. É bom pra você, é bom pro planeta. #SemDesperdício #SemTabu

Salsão

O Salsão (derivado de Apium, forma latina de água), era usado na Roma Antiga para decorar mesas em arranjos com rosas e lírios. O salsão foi cultivado na antiguidade como planta medicinal e somente a partir do final do século XVI foi plantado como hortaliça.
Com aroma forte e diversas propriedades terapêuticas, pode ser consumido in natura, em saladas, sopas, entre outros. Também conhecido como aipo, todas as partes do salsão podem ser consumidas: raiz, caule e folhas. Seu uso é muito comum nos EUA.
O consumo do salsão promove o fortalecimento do sistema imunológico e do metabolismo. Possui muitas fibras, o que aumenta a sensação de saciedade. Rico em flavonoides, água, ferro, potássio, fósforo, cálcio, sódio e vitaminas B e C, o salsão traz muitos benefícios para a saúde.
Por conta de sua rica composição, adicione o salsão em sua lista de alimentos frescos de consumo frequente 🙂


COMO COMPRAR| Ao escolher qual salsão levar pra casa é importante saber que quanto mais escura for a cor do vegetal, mais forte será o seu sabor. Os talos podem ser mais branquinhos ou verde claro, mas devem apresentar cor uniforme e serem firmes. As folhas podem apresentar diferentes tonalidades de verde dependendo da variedade.
O salsão deve estar crocante e suculento, observe se o caule não está murcho ou com pontos escuros, já as folhas devem apresentar aspecto de produto fresco, com cor verde brilhante, sem áreas amareladas.
Escolha o maço sem apertar ou quebrar as folhas e talos, pois as áreas danificadas escurecem e apodrecem rapidamente.

COMO CONSERVAR| O salão estraga com facilidade, por isso mantenha-o na geladeira em saco plástico ou embalagem ecológica própria para vegetais por até 2 semanas.
Para facilitar o dia a dia, congele tanto talos quanto folhas. Para congelar os talos, lave bem em água corrente, mergulhe os talos cortados em água fervente por 2 minutos e em seguida em água gelada
por 2 minutos. Seque bem e coloque os pedaços em um recipiente. Leve ao congelador em embalagem própria para congelados.
No caso das folhas, pique bem, coloque em forminhas de gelo com um pouco de água e leve ao congelador. É uma maneira bem prática para ter o salsão sempre à mão.

COMO CONSUMIR| O salsão cru tem um frescor incrível e é muito crocante, fica excelente em qualquer tipo de salada, maioneses e pratos frios, mas também é uma excelente opção para ser utilizada em caldos de legumes, sopas, refogados e assados. As folhas têm sabor intenso e devem
ser usadas com cuidado para não dominar o preparo.

Fonte: Embrapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Doe