Logo Banco de Alimentos

Blog

ALIMENTO SEM TABU – JILÓ

Alimento sem Tabu

Tabu não é ingrediente. Tabu é não comer um alimento por preconceito, ou então jogar grande parte dos ingredientes no lixo sem saber como usá-los. Tabu é não fazer as escolhas certas no supermercado. Tabu é deixar um alimento apodrecer em casa por estar mal conservado ou mal armazenado.

A campanha Alimento sem Tabu vai ajudar você a escolher, conservar e consumir os alimentos de forma mais inteligente e sustentável. Fique ligado nas postagens e faça sua revolução com os alimentos. É bom pra você, é bom pro planeta. #SemDesperdício #SemTabu


Jiló

Fruto rico em água (cerca de 90% de sua composição), este é um alimento coadjuvante no tratamento de anemia, já que é rico em ferro. Possui função antioxidante por conter quantidade significativa de vitamina A e manganês.

Pertence à família Solanácea, a mesma do tomate, da berinjela e do pimentão, possui formato arredondado, coloração esverdeada, variando entre tons mais claros até os mais escuros.
O jiló contém nutrientes importantes para uma boa saúde, Fonte de vitaminas A, C e do complexo B, é rico em sais minerais, como magnésio, cálcio e ferro. Promove uma sensação de saciedade devido à grande quantidade de água em sua composição.

A principal característica do jiló é seu sabor amargo que atrai diversos admiradores, mas como algumas pessoas ainda fazem careta, saiba que esse fruto possui benefícios nutricionais incríveis, e bem preparado fica muito saboroso. #ValorizeEsteAlimento

Para quem se preocupa com o sabor, saiba que é possível tirar o sabor amargo do fruto, basta cortá-lo em quatro partes e colocá-lo em um recipiente com água e uma pitada de sal por cerca de 15 minutos.
É um ingrediente que gera diversos benefícios ao organismo, então vale a pena ser inserido no cardápio! Que tal experimentar?

COMO COMPRAR| Os frutos podem ser compridos e de coloração verde-claro ou quase redondos e de cor verde-escuro. Os frutos redondos são mais amargos que os compridos. No momento da compra não é preciso apertar os frutos para escolher. A parte verde perto do cabinho deve estar com aspecto fresco, indicando que o jiló foi colhido recentemente.

COMO CONSERVAR| Após a colheita, o jiló se conserva no ambiente por poucos dias pois perde água, murchando rapidamente, além de amadurecer. Compre somente o que será consumido no prazo de 2 a 3 dias. Os frutos são colhidos geralmente imaturos, ainda totalmente verdes. Quando maduros, ficam vermelhos ou alaranjados e são ainda mais amargos.
Se necessário, o jiló pode ser conservado em geladeira por até cinco dias, desde que embalado em saco próprio para alimentos e mantido nas prateleiras mais baixas, longe do congelador.

COMO CONSUMIR| O Jiló pode ser consumido frito, cozido, como recheio de tortas, adicionado a omeletes e até em pizzas. Refogado é super simples de preparar, não é preciso descascar, nem tirar as sementes. Pique, coloque um pouco de azeite, temperos de sua preferência, adicione um pouquinho de água apenas para que não grude na panela e deixe cozinhar um pouco. O jiló precisa permanecer firme. Retire do fogo e sirva em seguida.

Fonte: Embrapa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Doe