Alimentação Sustentável

Alimentação Sustentável

Alimentos são desperdiçados de várias formas: pela produção em excesso, ao caírem dos caminhões durante o transporte, ficando em estoque… Entretanto, boa parte do desperdício ocorre exatamente onde o alimento deveria ser aproveitado: na cozinha. O descarte de cascas, sementes e raízes que poderiam ser usadas em diversas receitas é um exemplo de como jogamos na lixeira o que deveria estar no prato. A alimentação sustentável combate este processo, por meio do aproveitamento integral, do planejamento na hora de ir às compras e da conservação. Menos lixo acumulado, menos dinheiro gasto em vão e melhor distribuição de mantimentos. Tudo isso com pequenas mudanças no dia a dia.

Desperdício de Alimentos
Aproveitamento Integral dos Alimentos
Receitas
Dia Mundial da Alimentação 2017
Aproveitamento Integral dos Alimentos

Aproveitamento Integral dos Alimentos

O que é?

Diversos nutrientes estão presentes em partes geralmente descartadas dos alimentos, como sementes e cascas, entrecascas, folhas e talos.  Muitas pessoas perdem a oportunidade de produzir pratos deliciosos e saudáveis, causando acúmulo de lixo orgânico e desperdício de mantimentos que poderiam estar nos pratos de muitos brasileiros. O aproveitamento integral consiste em pequenas mudanças no cotidiano que fazem um grande bem para o indivíduo, para o meio ambiente e para a sociedade como um todo, através do consumo sustentável.  Afinal, em uma boa cozinha nada é desperdiçado.

Exemplos de partes normalmente descartadas

Folhas

Cenoura, Beterraba, Batata Doce, Nabo, Couve-flor, Abóbora, Mostarda, Hortelã e Rabanete;

Cascas

Batata inglesa, Banana, Tangerina, Laranja, Mamão, Pepino, Maçã, Abacaxi, Berinjela, Beterraba, Melão, Maracujá, Goiaba, Manga, Abóbora;

Talos

Couve-flor, Brócolis, Salsa, Agrião e Beterraba;

Sementes

Abóbora, Melão e Jaca;
  • Entrecascas de melancia e maracujá;
  • Pés e pescoço de galinha;
  • Tutano de boi;
  • Nata.

faça o Download da Tabela AIA

Para que você tenha uma noção ainda melhor do quanto essas partes são importantes, confira o percentual de nutrientes contidos em partes não convencionais dos alimentos em relação à parte convencional na nossa Tabela de Aproveitamento Integral dos Alimentos.

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA!

Outras dicas para diminuir o desperdício.

Comprar bem:

Evite excessos e escolha alimentos da safra, que possuem maior teor nutricional, durabilidade e menor quantidade de agrotóxicos.

desperdicio-1

Conservar bem:

Armazene seus alimentos em locais limpos e na temperatura certa. Quanto às partes não convencionais, você pode colocar em saquinhos fechados separados ou embrulhar em fita-filme guardar na geladeira e utilizar em até 48 horas, congelar e usar em até um mês.

desperdicio-2

Higienizar bem:

Todas as frutas, verduras, legumes, cascas, entrecascas, talos, sementes e folhas devem ser lavados um a um em água corrente e depois higienizados em solução de hipoclorito de sódio, de acordo com as instruções da embalagem, para eliminar microrganismos.

desperdicio-3

Preparar bem:

Não retire as partes não convencionais ou utilize-as para outras receitas. E prepare apenas a quantidade necessária para as refeições da sua família ou clientela.

desperdicio-4

Pratique na sua cozinha

Confira nossas receitas e saiba como fazer pratos deliciosos aproveitando integralmente os alimentos.

VER RECEITAS